Escassez de matéria-prima: quais são as alternativas?

18-11-2020

Com o início da pandemia Covid-19, o problema da escassez de matéria-prima e a desaceleração da cadeia de abastecimento envolveu muitas construtoras. Para alguns, na realidade, essa dificuldade sempre esteve em pauta, agravada também pela falta de estradas internas e de conexão.

Estas são as empresas que operam nas ilhas, que nunca como agora tiveram tantos problemas quanto à matéria-prima.

Pedra britada, areia, cascalho: são elementos essenciais para obras de infraestrutura e urbanização e encontrá-los agora pode tornar-se complexo; mas existem várias alternativas para superar essas dificuldades e contar com um fornecimento rápido e barato de materiais.

Por exemplo, instalando uma unidade de britagem MB em uma escavadeira já presente no canteiro, é possível produzir a quantidade de agregado necessária para qualquer projeto.

 

Planejamento da logística e aquisições

A aquisição de material no canteiro é uma atividade que requer planejamento, especialmente quando se trata de espaços confinados ou de difícil acesso.

Quase 50% das atividades de um canteiro de obras são dedicadas à aquisição de materiais, que demandam muito trabalho de gerenciamento e também custos de monitoramento:

  • deslocamentos
  • transporte
  • procura de materiais, etc.

Se bem gerenciadas e planejadas, todas essas etapas evitam custos inesperados e atrasos não considerados. O planejamento eficiente da aquisição e armazenamento de materiais é, portanto, uma tarefa importante diretamente ligada à rentabilidade do projeto.

Quem não trabalha em ilhas costuma se dar ao luxo de:

  • Comprar quantidades menores de materiais
  • Comprar matéria-prima com mais frequência
  • Minimizar a quantidade de material excedente presente em estoque

Mas hoje nem sempre é assim: a pandemia está mudando esse modus operandi, causando obstáculos na busca do material e, portanto, atrasos nos projetos.

Quem trabalha nas ilhas já sabe quais são as questões críticas a superar em matéria de compras e logística:

  • Pedir grandes quantidades de material para que você sempre tenha material pronto para o uso
  • Ao pedir mais material é necessário administrar melhor o estoque, pois mais estoque significa mais capital parado
  • Custos de transporte mais elevados
  • Prazos de entrega mais longos

Hoje tudo fica ainda mais difícil porque a maioria dos produtores de materiais teve que desacelerar a produção durante os meses de lockdowncausando, conseqüentemente, lentidão em toda a cadeia de abastecimento. Resultando em atrasos na entrega das obras.

 

E' necessario accettare i marketing-cookies per guardare questo video.
O impacto dos preços

Não apenas logística e compras: existem outros aspectos que mudaram nos últimos tempos:

  • Aumento dos preços para fornecimento de materiais de construção
  • Fortes restrições às exportações em alguns países
  • O bloqueio das importações por longos períodos

Chegou, portanto, a hora dos fabricantes encontrarem alternativas para recuperar os materiais, para evitar estoques intermitentes ou, pior ainda, falta de matéria-prima.

Aqui estão as soluções que algumas empresas adotaram:

Em Papua Nova Guiné, uma caçamba peneira MB-S18 está separando a parte fina do agregado natural para a produção de concreto. Dessa forma, a empresa não precisa mais importar material, pois ele já está disponível no canteiro.

Economize semanas de trabalho e uma quantidade considerável de dinheiro.

E' necessario accettare i marketing-cookies per guardare questo video.
Ushant Island, França, um britador de mandíbulas BF70.2 e uma caçamba peneira MB-S14 começaram a produzir agregados reciclados de detritos

Com o aumento dos custos de transporte, uma empresa de obras públicas encontrou uma solução para reduzir custos e ao mesmo tempo preservar o meio ambiente. Eles recuperaram o inerte de demolição resolvendo dois problemas: a compra de agregado e a saturação do estoque.

Com o britador móvel e a peneira MB Crusher, a empresa Jean-Jacques Perhirin:

  • economizou a extração de recursos naturais
  • evitou os custos de importação de agregados por via marítima
  • conseguiu trabalhar mesmo em espaços pequenos.

Agora são completamente autônomos na produção de agregados: com a caçamba peneira separam a parte fina do material, com o britador de mandíbula reduzem os pedaços maiores até a granulometria desejada. Et voilà, material pronto para pisos, bases e preenchimentos.

 

Pontos chave

Qualquer escavadeira, pá, minicarregadeira e retroescavadeira pode trabalhar com o equipamento MB Crusher para produzir agregado. Com quais benefícios?

Redução de custos de trabalho, eliminação de atrasos na entrega, possibilidade de reaproveitar o material em estoque sem a necessidade de descarte em aterro.
Ser independente hoje é um must para as construtoras que querem fazer o trabalho dentro do prazo.

 

Aplicações